Pedaços.

Eu vou recolher os meus pedaços, ajuntá-los em frangalhos e dividí-los por aí.
Quem quiser que os agarre, agora sou apenas metade do resto que estou a construir.

Eu vou ajuntar em migalhas tudo aquilo que construí. Vou obedecer, vou ser juiz.
Eu vou amar com tudo, vou amar por inteiro. Queira este, queira amor, queira o meu gosto de mundo.

Eu vou viver os pedaços, desfazer os meus passos até aqui.
Recomeçar o velho mundo, apagar a cicatriz e voltar a viver.

Eu vou apagar os porquês, as honras e tremas.
Eu vou viver do avesso, eu vou viver aceso, viver pleno.

Eu vou burlas as regras, apagar todo o sistema, parafrasear o sujo.
Vou pular as estrofes, os trovadores e os tempos, vou dividir em cicatrizes.

Eu vou recolher os meus pedaços, ajuntá-los em frangalhos e dividí-los por aí.
Quem quiser que os agarre, agorou sou apenas metade do que resto que estou a construir.

Anúncios
This entry was posted in Blogroll by Tâmara Abdulhamid. Bookmark the permalink.

About Tâmara Abdulhamid

palestina, engenheira e blogueira… …mas, é muito injusto uma vida inteira para viver e me definir por linhas. Por isso, espalho pedaços de mim em vocês, nas linhas, naquilo que invento e chamo de amor. Por isso existe o café. Para que você entre, me abrace, se aconchegue, converse e deixe o amor acontecer. De qualquer jeito, do jeito que couber, do jeito que for.

4 thoughts on “Pedaços.

    • Meu querido amigo João..

      Vesti-me do seu conforto, agasalhei-me com a ousadia que aprendi em suas aulas… anoto-as, gravo-as, guardo-as.
      Muita saudade de trocar palavras com você.

      Já vi rabiscos por lá..

      Um beijo,
      da miss

  1. Ei bela Miss, por quais caminhos vai se distribuir assim, espalhando a beleza que de longe se pode notar? Essa beleza livre, que não se prende aos limites do seu corpo, mas que transcende, extrapola, escapa… e, já se espalhava por suas palavras, que se fazem densas ao serem lidas, admiradas, sentidas, paqueradas, despidas…
    É uma decisão,
    Vou seguir o perfume dos pedaços que espalhas e vou, sempre que possível, agarrar um fragmento, ou mais!

    • Querido Naza,

      Vou andar por caminhos novos e deixar meu coração palpitar quando outro andarilho que nem eu achar os pedaços tão belos quanto eu os acho preciosos.. isso aquece meu coração.

      Continue por aqui.

      Beijos,
      miss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s